Home Facebook Twitter LinkedIn Feed Perfil Email
Nit Portal Social

↑ Grab this Headline Animator

segunda-feira, 9 de maio de 2011

DESCARTE DE PILHAS, BATERIAS,ETC. COMO RESOLVER!

Quem não tem em casa uma geladeira, um freezer, um computador, uma televisão para se desfazer?
Aí vem o problema, pois se não estiver funcionando não temos a quem doar e não temos como nos desfazer deles. São os famosos “e-lixo”, uma verdadeira dor de cabeça por não ter onde colocá-los, devido a seus tamanhos e dificuldade de transporte até o local onde seja possível depositá-los. Estes descartes, segundo a Agência Européia de Meio Ambiente, têm aumentado muito mais rapidamente do que as outras formas de lixo geradas em uma cidade.

 PLANETA E MOVIMENTAÇÃO!




Porém, o aumento contínuo do lixo tecnológico descartado pelos consumidores está movimentando um novo negócio, fábricas que desmontam equipamentos para recolocar as matérias primas no processo industrial, chamado de manufatura reversa. O mais importante é que essas empresas que estão surgindo estão em sua maioria de conformidade com as leis ambientais e oferecendo um serviço especializado. E pessoas físicas estão se engajando aos serviços de coleta de algumas cidades recolhendo esse tipo de material e dando a eles o destino correto.
Segundo matéria da revista Veja.com de fevereiro de 2011 está prevista uma reunião em âmbito ministerial para o mês de junho e terá como prioridade o descarte de pilhas, baterias, lâmpadas e embalagens. As normas ainda não foram estabelecidas, mas deverão estar relacionadas a itens como a redução de embalagens de produtos e estímulos a indústria que produz, mas que depois assume a responsabilidade de retirar o mesmo do ambiente, quando desprezado.

FINANÇAS PESSOAIS E AS DICAS! 



O comitê orientador estabelecerá a implementação de sistemas de logística reversa instituídos na Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) cuja política reversa tem como objetivo determinar as responsabilidades  pelo ciclo de cadeia dos seguintes produtos:
·        agrotóxicos
·        pilhas
·        baterias
·        pneus
·        óleos lubrificantes
·        lâmpadas fluorescentes
·        produtos eletroeletrônicos
·        embalagens plásticas
·        embalagens metálicas
·        vidros
NÃO FAÇO MAIS USO, O QUE FAZER? 




Para ilustrar aos nossos leitores a complexidade de determinados tipos de lixo ao nosso planeta, veja abaixo o tempo de decomposição de alguns materiais:
·        aço – mais de 100 anos
·        alumínio – de 200 a 500 anos
·        cerâmica – indeterminado
·        chiclete – 5 anos
·        embalagem longa vida (alumínio) – até 100 anos
·        filtro de cigarro – 5 anos
·        isopor – indeterminado
·        louça – indeterminado
·        metais (componentes de equipamentos) – cerca de 450 anos
·        papel e papelão – 6 meses
·        plástico (embalagens, equipamentos, pneus) – até 450 anos
·        sacos e sacolas plásticas – mais de 100 anos
·        vidros – indeterminado
Pilhas descartadas em lixões enferrujam e vazam e as substâncias absorvidas pelo solo podem chegar aos lençóis freáticos ou a rios próximos, se espalhando pela água e todos aqueles que tiverem contato com estas águas serão contaminados, mesmo que a água tenha sido filtrada ou fervida.

CULINÁRIA LUCRATIVA! 


Você já se perguntou que destino tem dado a seu lixo?
Ao ter a tentação de colocar seu dejeto nas lixeiras lembre-se do que leu acima, do tempo que ele vai levar para se decompor e do mal que estará causando a todos.
Vamos aguardar as boas novidades em prol da vida de nosso planeta Terra!

"Um dia a terra vai adoecer. Os pássaros cairão do céu, os mares vão escurecer e os peixes aparecerão mortos nas correntezas dos rios. Quando esse dia chegar, os índios perderão o seu espírito. Mas vão recuperá-los para  ensinar ao homem branco a reverência pela sagrada Terra. Aí, então, todas as raças vão se unir sob o símbolo do arco-íris para terminar com a destruição.      
Será o tempo dos Guerreiros do Arco-Íris."

Índia Olhos de Fogo

Ana Porto/Sergio Honorato
Gestores


https://www.facebook.com/nitportalsocial                        

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui seu comentário é muito importante!

Leia também...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares