Home Facebook Twitter LinkedIn Feed Perfil Email
Nit Portal Social

↑ Grab this Headline Animator

terça-feira, 24 de maio de 2011

EU SOU VOLUNTÁRIO! E VOCÊ?


Ser VOLUNTÁRIO é saber compartilhar o que temos de mais precioso: amor, felicidade, sabedoria, conhecimento, tempo, fraternidade e humildade. O voluntariado, então, pressupõe o compartilhar e não o descartar as sobras do cotidiano. No momento em que nos dispomos a compartilhar o que temos de melhor com as pessoas, é possível, então, dizer que somos voluntários.

Mas quais são os motivos que levam um indivíduo a trabalhar voluntariamente? Muitas pessoas, após traumas, como resposta a uma causa e inquietação interior passam a buscar esta atividade, outros por tomada de consciência, a luta por um ideal ou o envolvimento com uma causa.

Mas, em geral, são as grandes tragédias que mobilizam a sociedade. Se estas mesmas pessoas que se vêem motivadas pelo espírito de fraternidade de doar parte de seu tempo a ajudar nessas situações de comoção soubessem da necessidade premente do seu trabalho nas inúmeras instituições voltadas a todo tipo de ajuda humanitária, não ficariam a mercê apenas dos grandes chamados.

Mas esse compromisso de trabalho requer senso de responsabilidade, frente a essa missão íntima que se traduz na pontualidade, freqüência e dedicação quanto ao desempenho das funções designadas. Algumas funções podem parecer sem importância, mas são críticas e delas dependem o funcionamento da instituição porque as pessoas já contam com você. Mesmo que não seja reconhecida imediatamente, é movida pela alma e não pela vaidade ou emoção momentânea.
Ser voluntário é ficar feliz com a felicidade dos outros e saber que ajudou um pouco para que isso acontecesse.

Altruísmo e solidariedade são valores humanos que predispõe a prática do bem e são vistos como virtudes de uma pessoa. Sob a ótica religiosa esta prática salva a alma e na social e política contribui para a ordem social e o progresso da humanidade já que o homem é um ser em construção e doar seus melhores talentos às causas sociais dará a ele transformações necessárias para o seu desenvolvimento.

Volta e meia escutamos pessoas de nosso convívio reclamando de suas vidas, ruminando seus problemas, mas em momento algum vemos estes indivíduos cogitando em contribuir para trazer mudanças para a sociedade em que vivemos. Apenas reclamam e tentam encontram um culpado, mas não conseguem enxergar que são eles próprios responsáveis, na maioria das vezes, por não saberem exatamente o que querem nem tampouco ter objetivos claros  de vida.

Para que mudanças aconteçam e que venham a refletir em oportunidades é necessário AGIR!
No decorrer deste tempo em que nós do Nit Portal Social estamos envolvidos com instituições, projetos sociais e também com o convívio em sociedade fica bem claro que a maioria das pessoas desconhece os trabalhos que são realizados pelas organizações de sua cidade. As ONGs são verdadeiras escolas para pessoas que queiram aprender,  crescer e se tornarem seres humanos melhores.

Hoje, empresas que têm o compromisso com a Responsabilidade Social estão valorizando muito profissionais cuja experiência de trabalho também esteja voltada para o terceiro setor (ONG). O trabalho voluntário faz um diferencial na hora da escolha pelo profissional.

Você por exemplo, conte nos dedos quantas instituições sociais de sua cidade você conhece? Não vale somar aquelas que estão sempre presentes na mídia. Conseguiu completar os dedos de uma das mãos? Então agora busque conhecer de perto o trabalho que elas desenvolvem e deixe-se contaminar por esta energia do BEM tornando-se um VOLUNTÁRIO!

Nós, do Nit Portal Social estamos fazendo a nossa parte levando ao conhecimento de cada um de vocês o trabalho de tantas instituições em diversas áreas. E mais, estaremos fazendo um cadastro de pessoas que quiserem prestar trabalho voluntário indicando para elas instituições sérias e comprometidas em diminuir as desigualdades sociais. 
Quer ser um VOLUNTÁRIO? Envie-nos um email!



“Ainda que eu fale as línguas dos homens e até mesmo a língua dos anjos, se não tiver caridade, sou apenas como um metal que soa e um sino que tine; e ainda que tivesse o dom de profecia, e penetrasse em todos os mistérios, e tivesse uma perfeita ciência de todas as coisas; e se tivesse toda a fé possível, capaz de transportar montanhas, se não tiver caridade, nada serei."

Ana Porto/Sergio Honorato


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui seu comentário é muito importante!

Leia também...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares