Home Facebook Twitter LinkedIn Feed Perfil Email
Nit Portal Social

↑ Grab this Headline Animator

terça-feira, 29 de maio de 2012

VALORES MORAIS DE PAIS PARA FILHOS!

Tristes tempos viveram nossos ancestrais em que casamentos eram combinados e realizados por puro interesse e conveniência das famílias. Não havia o poder de escolha. 
Mas, felizmente, a mentalidade da sociedade evoluiu, a roda da vida girou e deu lugar aos relacionamentos por AMOR onde vale a pena amar e ser amado, criar laços fortes e construir uma família saudável. É através desta convivência que crescemos, aprendemos e nos tornamos pessoas de bem e levamos todo este alicerce adquirido para a nossa vida, através da construção de valores e virtudes morais que estarão marcados em nosso caráter e comportamento de adulto.

Mas, quem tem filhos sabe como é difícil fazer com que eles absorvam estes valores. Difícil sim, mas impossível não! É um trabalho que exige dedicação e aplicação em nosso dia a dia. Alguns conceitos devem prevalecer e dentre eles citaremos alguns:

1 - AMOR - significa doar e receber. Não significa concordar e fazer sempre o que o outro quer. Está expresso nos gestos, na fala, nas palavras. O amor quando bem doado impõe limites e ensina. É importante que seus filhos entendam o que pode e o que não pode. Dê a eles tarefas e responsabilidades e não se esqueça de incentivá-los a realizá-las da melhor forma possível e se feitas, reconheça e elogie distribuindo carinhos e beijos;
2 - PERDÃO - um sentimento tão importante mas que nem sempre as pessoas conseguem atingir. Mostre a eles que embora não sendo fácil perdoar, é necessário, pois ficamos livres de qualquer sentimento de negatividade. É saber e ter a humildade de reconhecer o erro e pedir DESCULPAS. Reconhecer o erro e não mais cometê-lo. Inverta sempre que possível os papéis para que seus filhos possam viver o outro lado e sentir o quanto aquilo fez mal a alguém. É um valor que nos torna pessoas melhores, contribuindo para o nosso crescimento;
3 - RESPEITO - é saber lidar com as diferenças, com os opostos. Saber que cada um tem o direito de escolher o que quer para si. E respeito, quase sempre significa tolerância. Ensinar a estes pequeninos palavras mágicas como "com licença", "obrigado", "por favor" farão deles pessoas amáveis e gentileza sempre gerará gentileza no decorrer de suas vidas;
4 - TOLERÂNCIA - é ter a capacidade de ouvir ou aceitar, embora possa não concordar, com opiniões que divergem da sua, sem julgamento. Muito cuidado, pois geralmente os pais tendem a fazer valer sua vontade sem procurar saber se ela é aceita pelos filhos, o que gera a intolerância;
5 - COMPARTILHAR - Uma verdadeira família compartilha tudo, bons e maus momentos, o seu dia no trabalho, em casa, na escola. É o momento em que é possível estreitar os laços e participar ativamente da vida de cada um. Esqueça um pouco o jornal, a televisão, crie um ambiente bem gostoso e compartilhe com seus filhos;
6 - ALEGRIA - O que você sente ao assistir a mais nova propaganda do Banco Itaú, ao ver aquele bebê dando gargalhadas, demonstrando a sua alegria e felicidade ao ver o pai rasgando uma simples folha de papel? É simplesmente contagiante! Assim é a alegria! Ela previne doenças, as tensões existentes na família, o estresse e diminui as preocupações. Procure passar para seus filhos a necessidade da alegria, de ver as situações da vida com otimismo. Os sentimentos positivos são construtivos e têm um efeito multiplicador;
7 - GRATIDÃO - Mostre a eles que este sentimento é tão gratificante, necessário e benéfico, mas que as pessoas têm dificuldade de demonstrar. Pode ser expressado nas pequenas situações do dia a dia, como dizer "obrigado" quando alguém fizer uma gentileza. Faça você e eles agirão como agentes multiplicadores  de gentilezas;
8 - GENEROSIDADE - é ser solidário, fraterno. Ela existe a partir do momento que nos mostramos abertos  as dores e as necessidades do outro. É mostrar a eles da necessidade de procurar sempre reconhecer nos outros suas necessidades e oferecer ajuda. Pequenos gestos como estimular a separar roupas, sapatos e brinquedos que não mais estejam sendo usados para doar já é uma forma de mostrar o quanto feliz estará fazendo àquele que receber os donativos;
9 - VERDADES E MENTIRAS - Procure manter uma relação de confiança com seus filhos. Mostre a eles, através de exemplos tão fáceis de serem encontrados, o quanto a verdade por mais que possa ser dura dói menos do que a mentira. Faça com que eles reconheçam que a confiança, se perdida, dificilmente será resgatada e que não existe relacionamento sem confiança.

Talvez seja mais fácil escrever do que colocar em prática estes sentimentos e fazer com que  façam parte da personalidade de nossos filhos,  mas lembre-se que "água mole em pedra dura tanto bate até que fura"!
O resultado será surpreendente! 

E agora vamos falar de uma parcela da sociedade que um dia se reuniu para realizar um bonito trabalho no Estado de São Paulo. Há 39 anos atrás uma família destinou um terreno para a Sede de uma Instituição, no intuito de iniciar uma Ação Social. Toda essa dedicação contribuiu para que hoje a AÇÃO CIDADÃ http://acaocidada.com.br/institucional/sobre.php tenha se tornado um Centro de Convivência Social.
Os ideais depositados nesta ONG viraram projetos. Os projetos se tornaram desafios e um deles tem por objetivo desenvolver integrações sociais junto a comunidade, inicialmente, de Santo André, resgatando a auto-estima e valores morais e éticos essenciais a uma vida digna. 
Conheça um pouco mais deste trabalho acessando o link! 

"Nem todos podem tirar um curso superior. Mas todos podem ter respeito, alta escala de valores e as qualidades de espirito que são a verdadeira riqueza de qualquer pessoa."
Alfred Montapert
 

Ana Porto/Sergio Honorato
Gestores

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui seu comentário é muito importante!

Leia também...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares