Home Facebook Twitter LinkedIn Feed Perfil Email
Nit Portal Social

↑ Grab this Headline Animator

quarta-feira, 27 de junho de 2012

A SEPARAÇÃO E OS FILHOS!

Portal de Negócios e Responsabilidade Social
Relações desfeitas, casais em processo de separação e os filhos, como ficam? Se já não é fácil terminar um casamento que dirá quando se têm filhos
Se já não é mais possível viver juntos, então que se viva em separado, porém que os filhos também não venham a sofrer com a separação quer de pai ou de mãe, pois não existe divórcio dos filhos! Que os frutos desta união possam viver a guarda compartilhada da melhor forma possível, com um pai presente, acompanhando de perto o desenvolvimento deles, sendo não só um provedor, mas ajudando na educação e na criação, sendo pai e amigo!
Lembrem-se que a função paterna é importante para o desenvolvimento da criança, o referencial paterno existirá sempre e será de suma importância na formação e no desenvolvimento dos filhos. Quantos de nós, filhos de pais separados, não sofremos com a ausência da figura paterna? E quantos problemas e traumas isto não acarretou em nós adultos?
Portanto, que não se repitam os erros de nossos pais, que tenhamos aprendido com eles a não ter as mesmas atitudes, que possamos ter o direito de escolha de permanecer ou não em um casamento, mas que os filhos sejam sagrados! Eles são nossa responsabilidade e teremos grande parcela de participação positiva ou negativamente em suas vidas. 
Se tanto o pai quanto a mãe fizer a sua parte neste processo da melhor forma possível, sem "guerras", sem medir "forças", sem usar as crianças como "armas" para atingir o outro, grandes são as possibilidades de que os filhos possam passar por este momento da melhor forma possível, pois poderão constatar que agora possuem duas casas, duas famílias, mas que tanto o pai quanto a mãe permanecem presentes em seu dia a dia, mantendo um bom relacionamento, lhes dando amor, atenção, afeto, carinho, compartilhando momentos, conversando, planejando, ensinando.
Lembrem-se que os problemas gerados pela inabilidade de vocês pais serão proporcionais ao que possivelmente seus filhos gerarão para suas vidas. E consertar o mal feito é mais difícil do que fazem o bem feito! Feridas abertas custam mais a cicatrizar do que a prevenção delas.
Pense nisto e se ainda não havia acordado para os fatos e suas consequências ainda é tempo de voltar atrás e ocupar o lugar que é seu de direito e de dever na criação de seu filho E colha os bons frutos de uma colheita feita com muito amor, responsabilidade e participação!
E para ajudar a estes pais a lidar melhor com este momento de vida é que a  APASE http://www.apase.org.br/ Associação de Pais e Mães Separados desenvolve atividades relacionadas à igualdade de direitos entre homens e mulheres nas relações filiais após o divórcio, difundem a ideia de que filhos de pais separados têm direito de serem criados por qualquer um de seus genitores sem discriminação de sexo, e promovem a participação efetiva de ambos genitores no desenvolvimento dos filhos. Na página da Associação você poderá encontrar informações importantes!

“O que a gente gosta, a gente guarda. Quem  a gente ama, a gente cuida!"
 
Ana Porto/Sergio Honorato
Gestores

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui seu comentário é muito importante!

Leia também...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares