Home Facebook Twitter LinkedIn Feed Perfil Email
Nit Portal Social

↑ Grab this Headline Animator

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

AMAZONAS E O PODER DA "MULHER ENCANTADA"!

Impossível falar da região amazônica e não falar de suas florestas, rios e lendas

Cantada em prosa e verso, hoje levaremos até vocês a Lenda da Iara, Uiara ou Ipupiara, um dos seres mitológicos mais falado e conhecido daquela região onde crendices  são muito comuns entre os nativos que ainda não se libertaram dos usos, costumes e tradições deixadas por seus antepassados.

Consegue imaginar uma linda mulher morena, cabelos longos, lisos e negros, olhos castanhos e corpo escultural? Assim é Iara! Seu poder de sedução é extremamente forte por sua beleza e canto envolventes; vive nos rios a banhar-se nua ou sobre as pedras nas enseadas e exerce um forte fascínio sobre os homens. Dizem que quem a vê, não resiste e acaba por atirar-se nas águas e muitas vezes não mais retornam. Andar pelos rios do Amazonas requer muita sorte, pois a qualquer momento pode ser surpreendido e atraído pela sereia puxando os barcos e seus navegadores para as pedras, de difícil acesso. Aqueles que sobreviveram aos seus encantos mergulhando, mas conseguindo retornar, se apresentam como se tivessem sido hipnotizados, assombrados com tudo o que viram que vai desde castelos, séquitos (comitiva, cortejo) e cortes de encantado.

O povo do Amazonas a descreve como metade mulher, metade peixe, já outros dizem que sua cauda é apenas um tipo de vestimenta que usa por vaidade e que ela traz na testa uma estrela cintilante que atrai e hipnotiza os homens e aqueles que conseguem sobreviver necessitam de muita reza e pajelança (ritual de cura, através de ervas, realizado por chefe religioso indígena) para que saiam do encantamento causado pela força de seu magnetismo. A sabedoria cabocla adverte que sempre ao ouvir esse canto, o homem devem se afastar o mais rapidamente possível e rezar muito... mas geralmente acontece o contrário, ele é atraído pelo canto e vai em direção a ele, para poder encontrá-la.

Em aldeias indígenas existe a lenda do Jaguarari, índio forte e guerreiro da tribo Tuxaua, bonito, alegre, bondoso e querido por todos, que um dia saiu para pescar quando ouviu um canto e avistou uma linda mulher, de cabelo da cor das flores e das plantas, cuja boca tinha o brilho do sol, sua pele exalava perfume e tinha olhos da cor de jabuticaba, a banhar-se nua nas margens do rio à sombra de um Tarumã. Quando ela cantava os pássaros se calavam e as águas das cachoeiras e rios paravam de correr para não atrapalhar seu canto. Sua atração por ela foi tão grande, que Jaguarari mergulhou, se apaixonou e a partir de então, não conseguiu mais ser o mesmo homem, vivendo calado, triste e com lembranças daquele dia em que pode ver aquela mulher que lhe despertou amor, paixão e prazer e sempre ao dormir ouvia o canto inebriante de sua Iara.

Em alguns lugares do Amazonas dizem que Iara é um boto-fêmea e em outros dizem ser a própria boiuna (cobra grande).

Quer conhecer outras lendas? Então acesse http://www.nitportalsocial.blogspot.com.br/2011/06/conquistando-seu-amor-com-piripirioca.html "Conquistando seu Amor com Piripirioca!" e "Lenda Baré, o Amor Além da Vida!" http://www.nitportalsocial.blogspot.com.br/2011/07/lenda-bare-o-amor-alem-da-vida.html

E ao falarmos em povos indígenas gostaríamos de dar conhecimento a todos vocês de uma instituição, "NOSSA TRIBO" http://www.nossatribo.org.br/index_2.asp que busca ampliar a comunicação entre os povos tradicionais indígenas e os não índios, defender a diversidade cultural, ambiental e os direitos humanos bem como promover e realizar cursos de informação, documentação e projetos culturais indígenas que estimulem o desenvolvimento socioeconômico democrático, a preservação de suas tradições e a garantia de acesso destas etnias à informação.

"Todo ser humano nasce destituído de pensamentos racistas e preconceituosos;  a  convivência social é quem os insere nas mentes das pessoas fracas.”

Ana Porto/Sergio Honorato
Gestores 
Continue Lendo...

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

NÃO USO MAIS, O QUE FAZER?

Ontem, arrumando meus armários, me deparei com roupas, eletrônicos, sapatos, bijuterias, acessórios e muito mais coisas que já não uso, mas que estão praticamente novos. Então, o que fazer?

Resolvi pesquisar na internet e encontrei a solução!

São sites de troca-troca virtuais onde é possível encontrar de tudo, ou quase tudo, e encontrei até mesmo objetos de meu interesse. Hoje, qualquer "tostão" a mais ou a menos em nosso orçamento faz diferença, por isso pensei em vendê-los, mas deveria colocá-los em algum brechó de minha cidade sem a garantia da venda dos mesmos. Então, a melhor solução, pelo menos para mim, foi usar parte desses objetos para fazer "escambo", prática muito utilizada por nossos ancestrais e que está voltando com o advento da internet, e a outra parte irei doar para alguma instituição, como forma de ajuda.

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CONTÁBIL E FINANCEIRA! 


Achei a ideia legal, já que é uma forma de diminuirmos o consumo desenfreado, onde muita coisa é adquirida e muitas das vezes pouco usada. Então, vamos aproveitar o Mês do Consumo Consciente, ação criada pelo Ministério do Meio Ambiente e passar adiante aquilo que já não mais nos interessa e receber em troca algo que possa ter utilidade para nós! E, além de nosso "bolso", o planeta agradece e vamos estar evitando o desperdício.

Aqui vão algumas regras básicas para esse tipo de negócio:
  1.  Procure saber a respeito (referência) sobre a pessoa com quem você está negociando. Busque essa informação com outros usuários do site.
  2. Faça um arquivo em seu computador de todas as conversas (negociação), que servirá como prova, caso haja algum tipo de discordância ou desentendimento.
  3. Procure tirar todas as suas dúvidas sobre aquilo que está adquirindo, se tem defeito, tempo de uso, condições da peça ou do aparelho, pois isso evita surpresas desagradáveis.
  4. Tanto um lado quanto o outro deverá fazer tudo de acordo com o combinado e não faltar com a verdade. Isso dá credibilidade para ambos. 
  5. Cumpra com a data de postagem no correio, certificando-se de que está bem embalado, para evitar danos.
APLICATIVOS QUE VÃO MUDAR SUA VIDA! 



Já que falamos sobre os aspectos principais desse tipo de comércio, agora vamos aos sites:
  1. DESCOLAAÍ - descolaai.com.br - Trabalha com a troca de livros, DVDs, games, CDs etc. Basta fazer um cadastro através de seu perfil do facebook. O site cobra R$2,00 por cada negociação.
  2. TOMA LÁ DÁ CÁ - tomaladaca.com.br - Apresenta fotos dos produtos a serem trocados. Possui eletrônicos, brinquedos, instrumentos musicais etc.
  3. TROCAS 1000 - trocas1000.com.br - Esse site trabalha tanto com a troca, como com a compra ou a venda de produtos. É possível a visualização dos últimos produtos cadastrados.
  4. ROLO.COM.BR - rolo.com.br - Aqui nesse site existe de tudo. A intenção é funcionar como uma feira virtual onde é possível trocar produtos e serviços.
Então, animados? Aproveite para "dar uma geral" em sua casa, se desfazer de tudo que não tem quase utilidade e adquirir coisas novas! E nós ficamos na torcida para que tudo dê certo!

Trocar objetos e eletrônicos que estejam em bom estado nós demos a dica. Agora, iremos falar sobre o Instituto Ambientalista REVIVERDE http://www.reviverde.org.br/QuemSomos.htm que foi formado por pessoas que tiveram a iniciativa de se unir pelo ideal de uma causa comum: conscientizarem as pessoas a preservarem o meio ambiente através da mudança de hábitos e comportamentos, estimulando-as a uma atitude pró-ativa na busca de soluções para garantir um futuro melhor para o nosso Planeta. Aqui nesse link http://www.reviverde.org.br/LixoEletronico.htm eles ensinam como descartar seu lixo eletrônico. 

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS! 


Em muitos casos, peças são reaproveitadas para que sejam montados novos eletrônicos e doados a instituições sociais. Acesse, conheça o trabalho da Reviverde e ajude a divulgá-lo!

"Qualquer atividade torna-se criativa e prazerosa quando quem a pratica se interessa por fazê-la bem feita, ou até melhor." 
John Updike 

Ana Porto/Sergio Honorato
Gestores 


 

Continue Lendo...

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

BUSCA INSACIÁVEL DO PRAZER!

Momentos de ansiedade, angústia, preocupação, estresse, acabam por mexer com nosso metabolismo desencadeando para uns a diminuição do apetite e para outros o aumento dele.

Hoje vamos falar exatamente da segunda situação, aqui chamada de "BIP" - Busca Insaciável do Prazer - no nosso caso, através do alimento.

Na verdade, funciona como um tipo de compensação: Quanto mais ansiosa, com medo, estressada uma pessoa se encontra mais ela buscará em determinados alimentos prazeres para compensar o sofrimento causado por esses desequilíbrios. Quem já não "devorou" barras e mais barras de chocolates mediante um momento de tensão? Essa compensação funciona temporariamente, enquanto estiver dando prazer a quem consome, mas terá o seu fim, e então todas essas sensações voltarão e acabará se tornando um ciclo vicioso: angústia... come... nervosismo... come... estressado... come... ansioso... come... com medo... come... E aonde isso irá parar? Na verdade não para, torna-se um vício!

Erra quem pensa que somente o vício do cigarro, bebida alcoólica, droga, consumismo exagerado, jogo e sexo destroem o ser humano! O alimento, em exagero, também pode causar grandes danos à saúde do homem. A sociedade criou uma série de campanhas contra determinadas substâncias que causam dependência tais como cigarro, álcool, drogas, sexo, porém contra a ingestão em demasia de alimentos nada existe, até porque é só abrir o armário ou a geladeira, ir a um supermercado que eles estarão lá, saltando aos nossos olhos e nos pedindo para serem consumidos. Então, só nos resta muita força de vontade e bom senso!

Alguns me dirão: Mas é muito bom sentir prazer! Concordo! Mas tudo em sua dose certa! Não estamos aqui fazendo apologia contra o prazer, mas sim tentando deixar claro que ele é saudável desde que não se torne um meio de fuga para os nossos problemas, pois assim sendo nos tornaremos dependentes e toda dependência é maléfica.
É importante aprendermos a lidar com nossas ansiedades e medos, saber a melhor forma de administrá-los, termos controle sobre essas situações de nosso dia a dia, mas se de todo não for possível, que busquemos a ajuda de profissionais para que possamos receber o devido tratamento.

Mas como funciona esse mecanismo cerebral de sensação de prazer? 
Ao estarmos fazendo aquilo que desencadeará a sensação que buscamos, haverá uma evocação de sinais neurais que convergem para um pequeno grupo de áreas cerebrais interconectadas conhecidas como circuito do sistema de recompensa cerebral também chamado de circuito do prazer. É exatamente nesses grupos de neurônios que os prazeres humanos são emitidos em forma de sensação.

Como pudemos constatar, ter prazer é muito bom, mas ser dependente dele torna-se um vício e como todo vício acaba nos levando a necessidade de consumo cada vez maior, a um desejo de consumo fora de controle e as síndromes de abstinência.

Portanto, amigos, o melhor caminho é a MODERAÇÃO, em determinadas situações e a NÃO EXPERIMENTAÇÃO para outras situações, as que envolvem substâncias químicas.

Então, se você sofre de "BIP" reflita a respeito e tente mudar os rumos de suas necessidades, mas sempre lembrando que a ajuda de um profissional é importante para todos aqueles que por si só, não obtém sucesso!

Falamos aqui de vícios que dão prazer, mas muitos deles trazem consequências de risco de contaminação e doença para as nossas vidas. É o caso do sexo sem prevenção e do uso de drogas compartilhadas que podem acabar levando a contaminação pelo vírus HIV. 
SOLIDÃO: AUSENCIA DO OUTRO E ENCONTRO COMIGO! 


Conhecemos a dificuldade que as pessoas menos favorecidas financeiramente encontram para se tratarem, da deficiência da saúde pública para oferecer tratamento de apoio aos doentes e seus familiares para essa parcela da população e é exatamente nesse momento que entra o trabalho tão importante de instituições como o da SABER VIVER http://saberviver.org.br/publicacoes/saude-mental-em-desequilibrio-procure-ajuda/ onde qualquer pessoa que se veja diante de uma situação nova e que precise de um tempo para ajustar seus sentimentos e pensamentos dentro da nova realidade, encontra lá tratamento. 

Conheça mais esse trabalho e ajude a divulgar!

"Ter vontade de comer um bom filé não significa querer comer a vaca inteira!"
Desconheço a autoria
Ana Porto/Sergio Honorato
Gestores 


https://www.facebook.com/nitportalsocial                        
Continue Lendo...

Leia também...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares