Home Facebook Twitter LinkedIn Feed Perfil Email
Nit Portal Social

↑ Grab this Headline Animator

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

NIT PORTAL SOCIAL ARTIGO: CRIANDO A LÂMPADA ECOLOGICAMENTE CORRETA COM GARRAFAS PET!

Seu Portal de Negócios e Responsabilidade Social
No dia 21 de Outubro de 1829, Thomas Edison criava a primeira lâmpada elétrica incandescente, que veio a substituir as velhas lamparinas a gás, querosene ou óleo incandescente. E, a partir daí, ela passou a ser um objeto essencial e sempre presente nos lares de bilhões de pessoas em todos os quadrantes do planeta.
Mas, infelizmente, nem todos puderam ter o acesso a essa "facilidade" tecnológica, devido ao custo final dela nos orçamentos familiares.

Mas, desde que o mundo existe, existem verdadeiros "professores pardais", que são capazes de enxergar muito mais além! Foi o caso de um mecânico brasileiro, Alfredo Moser, que usando garrafas pet de 2 litros, mais água limpa, duas tampinhas de água sanitária e um potinho de filme de máquina fotográfica para proteger do sol e não estragar a tampa, conseguiu gerar energia entre 40 a 60W. 
Isto nada mais é do que o princípio da refração da luz quando exposta ao sol. 
Segundo seu criador a água sanitária é utilizada para prevenção de bactérias e para que seja garantida a qualidade da água cristalina.


Seu Portal de Negócios e Responsabilidade Social
Tendo em vista a necessidade da luz solar para que possa gerar energia, as fontes de energia tradicionais não ficam descartadas, mas o consumo de uma casa cai a patamares bem baixos. Por ser de fácil instalação, qualquer pessoa é capaz de colocá-la para funcionar. Basta apenas furar o teto de "zinco" das casas e pendurá-las.
Seu Portal de Negócios e Responsabilidade Social
Este tipo de lâmpada é ecologicamente correta e de muito baixo custo, principalmente para as famílias de baixa renda, que são muitas hoje aqui no Brasil. Nas Filipinas esse projeto foi implantado pela Ong Fundação MyShelter (Meu Abrigo), onde cerca de 25 mil lares, em condição de pobreza, já foram presenteados com a luz ecológica
Outro aspecto importante é o reaproveitamento deste tipo de material (garrafa pet), geralmente descartável, tendo como destino os aterros sanitários ou  terrenos baldios e, quando chega a estação de chuvas, o destino final é o mar e rios, trazidas pelas águas.
Além de preservar o meio ambiente o número de incêndios tende a diminuir nas regiões onde
Seu Portal de Negócios e Responsabilidade Social
casas se multiplicam de forma desordenada, cuja população recebe em torno de menos de US$2 por dia, impedindo que muitos deles possam usufruir de luz em seus lares, utilizando para tal velas.

Falamos de se tratar de uma lâmpada ecologicamente correta, já que  cada garrafa utilizada permite economizar 17kg de CO2 por ano. Ao multiplicarmos esse número por um milhão significa dizer que estamos proporcionando ao meio ambiente o benefício de uma turbina eólica, cujo funcionamento é bem mais oneroso.
Seu Portal de Negócios e Responsabilidade Social
Esperamos que instituições, assim como a Fundação MyShelter fez em seu país, possam se interessar em levar este tipo de benefício às comunidades de baixa renda e que empresários possam contribuir para transformar essa ideia em atitude, beneficiando milhões de famílias. 

E por falar em reaproveitamento de materiais, coleta seletiva e incentivo a boas práticas de sustentabilidade que são atitudes cada vez mais comuns e estimuladas em nossa sociedade, três empresas cariocas destacam-se no mercado: Rede Asta, Onda Carioca e TemQuemQueira. Reduzindo o impacto ambiental através da produção de itens de moda e decoração com materiais que seriam facilmente descartados, as empresas também movem a economia com o trabalho desenvolvido. E todos saem ganhando: empresas, sociedade e, principalmente, o meio ambiente.

A Ong Onda Carioca, no Rio de Janeiro,  desenvolve um trabalho socialmente responsável, através do projeto “Costurando o Futuro”, onde ensina mulheres de baixa renda da comunidade do Terreirão, no Recreio, a transformar lonas vinílicas em bolsas, guarda-sóis e outros acessórios. Outro projeto capitaneado pela Ong é o “Ecotampas”, que imprime em tampas de garrafa imagens de pontos turísticos e outros ícones do Rio de Janeiro, tranformando-as em lembranças interessantes para os turistas que vêm à cidade. Os materiais reutilizados também viram brincos, chaveiros, imãs, descansos de copo e quadros. A Ong TemQuemQueira também vai fundo quando o assunto é reaproveitamento de resíduos. Através de parcerias com diversas empresas e estilistas famosos, a Ong transforma lonas vinílicas, banners, fundos de palco e outdoors em bolsas, estojos, porta notebooks, tapetes, carteiras, cintos e tudo mais que a imaginação permitir.

Em uma simpática casa no bairro das Laranjeiras funciona a loja da Rede Asta, primeira loja fair trade do Rio voltada para o público turista. A Asta encoraja mais de trinta produtores de artesanato, moda e decoração do estado do Rio de Janeiro e lhes auxilia na venda de seus produtos pelos canais diretos, e-commerce e também em seu showroom. A rede também possui uma linha customizada de brindes corporativos, criados a partir dos resíduos da própria empresa solicitante. Garrafas pet, retalhos, fibras de árvores e jornais são matérias primas recorrente dos produtos oferecidos pela Asta, que estimula a cadeia produtiva de economia solidária e consumo consciente.

Estas instituições podem ser visitadas nos seguintes endereços:

Asta - Rua Mario Portela, 253 - Laranjeiras
Tel.3217-9967
Onda Carioca - Rua da Esperança, 139 - Recreio dos Bandeirantes
Tel. 2490-7398
ONG TemQuemQueira - Rua do Rosário, 172/601 - Centro
Tel. 2507-1915 


"A saúde, a felicidade e a própria sobrevivência dos nossos filhos dependerá das nossas atividades de hoje. A espécie humana sobreviverá se soubermos ensinar a criança a respeitar a natureza e a conservar o ambiente propício à vida."
Lula


Ana Porto/Sergio Honorato
Gestores

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui seu comentário é muito importante!

Leia também...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares