Home Facebook Twitter LinkedIn Feed Perfil Email
Nit Portal Social

↑ Grab this Headline Animator

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

SAÚDE: TIPOS DE PÃES E SEUS VALORES CALÓRICOS!

Aquele cheirinho do pão quando está sendo assado é irresistível!!! Comê-lo quente com uma boa manteiga que se derrete ao seu calor... Indescritivelmente gostoso!!! 

Mas nem tudo que é gostoso é recomendável... Se você está de olho no ponteiro da balança, é bem provável que feche os olhos, tape o nariz e feche a boca para não desejar saboreá-los... Sorte que nem todos estão condenados e são uma armadilha quando o assunto é a boa forma. Além de saborosos, os integrais são repletos de nutrientes que contribuem para a saúde e ajudam você a se sentir saciada.
 
É através dos ingredientes presentes em cada receita de pão que podemos afirmar
quanto saudável ele é. O principal destes ingredientes é a farinha, que pode ser integral, enriquecida com ferro, ácido fólico, fibras e outros. Por ter em sua composição carboidratos (substâncias que geram a energia necessária para nossos dias), não devemos cortá-la radicalmente de nossa alimentação. Os pães que são feitos com farinhas integrais costumam proporcionar maior saciedade devido à quantidade de fibras ali existentes, além que possuírem vitaminas, minerais e um menor índice glicêmico. Além da saciedade, estas fibras também auxiliam no melhor funcionamento intestinal, na formação do bolo fecal e sua consistência e também apresenta ação na prevenção de cânceres intestinais.
 
Sabe aqueles "pneuzinhos indesejados"? Se quiser mantê-los longe, prefira pães com cereais e grãos. Mas vale um alerta! A presença de muitos grãos num determinado tipo de pão não quer dizer que ele apresente mais fibras! O melhor é sempre ler o rótulo, observando sempre seu valor calórico, visto que estas sementes são fontes de gorduras que, mesmo sendo boas, podem contribuir no ganho de peso.  Se você é do tipo que gosta de lanchar ao invés de jantar, uma boa dica é recheá-los com uma carne magra (proteína) e salada (fibras), que muito contribuem para a diminuição do índice glicêmico. Evite e se possível não faça uso de pastas e molhos com maionese ou creme de leite. E, para melhorar sua dieta, evite pães nos fins da tarde e à noite, já que nesses horários nosso gasto energético geralmente é menor e estaríamos ingerindo uma boa quantidade de carboidratos.
 
Existem pessoas que não apreciam a textura da massa dos pães integrais e até mesmo seu sabor. Para vocês, então, o melhor é optar por pães com sabores diferenciados, como os de cenoura ou de iogurte.
 
Outro problema que acomete muitas pessoas são os gases que se formam após a ingestão de alguns alimentos, tais como pães. Segundo o médico gastroenterologista José Antonio Flores da Cunha, da Clínica São Vicente (Gastro Gávea), no Rio de Janeiro,  “O problema aparece, na maioria das vezes, por causa dos carboidratos não digeridos, que acabam fermentados pelas bactérias”. Caso haja desconfiança de um problema maior por trás do quadro, procure um especialista para investigação profunda. "É possível que haja intolerância à lactose e ao glúten, ou alguma outra razão, o que exigirá medidas médicas", sustenta o gastroenterologista Flores da Cunha, enfatizando que em hipótese alguma a pessoa deve se automedicar.   “Muitos alimentos não são processados adequadamente pela mastigação ineficiente, forma e velocidade com que se come, falta de enzimas digestivas, alterações no pH local e estado emocional, levando a uma fermentação exacerbada.” E tem mais: a falta de atividade física influencia negativamente. “O sedentarismo prejudica o trânsito intestinal, assim como o hábito de ficar muito tempo sentado”, observa o gastroenterologista Rogério Toledo Júnior.

E então? Quer saber um pouco mais sobre pães e a  média de calorias dos principais tipos e suas características?


Sabemos como a nutrição certa é importante para o desenvolvimento do ser humano, principalmente nos casos de doença, mas existem outros fatores que influenciam negativamente na vida destas pessoas, principalmente quando contraem doenças crônicas. E pensando na parcela da população que sofre com a Diabetes Melittus é que a ong PRÓ-CRIANÇAS E JOVENS DIABÉTICOS contribui para o rompimento do círculo vicioso cruel - leia-se da DOENÇA SOCIAL (carência de recursos de toda ordem, miséria, desemprego, fome, moradias precárias, ausência de valores morais e afetivos, famílias numerosas, promiscuidade, baixa ou nenhuma instrução, ignorância, incapacitação pessoal e profissional do chefe de família, negligência de toda ordem, violência sexual e doméstica, drogas, alcoolismo etc.), mediante a prestação de assistência social sem finalidade de lucro – em nível domiciliar, em proveito das crianças e jovens diabéticos, com prioridade para as famílias de baixa renda.
"Melhor do que o pão é a sua partilha, sua divisão!" 
Dom Hélder Câmara
Ana Porto/Sergio Honorato
Gestores

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui seu comentário é muito importante!

Leia também...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares