Home Facebook Twitter LinkedIn Feed Perfil Email
Nit Portal Social

↑ Grab this Headline Animator

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

CURSOS ONLINE E GRATUITOS PARA PROFESSORES E ALUNOS!

Precisando melhorar seu Curriculum e aproveitar seu tempo livre para se qualificar mais? 

Estes conteúdos das áreas Biológicas, Exatas e Humanas podem ser acessados pela Plataforma Unesp Aberta. E são eles:





Biológicas: 
Conteúdos e Didática de Educação Física

Exatas:
AVA Moodle             
Cálculo Numérico Raízes de Funções - Método da Bissecção
Energia Elétrica e Reações Químicas
Evolução Histórica da Química
Ferramentas de Diagnóstico de Máquinas
Ligação Química
Linguagem Química
Os tipos de Ligações Químicas
Ligações Químicas Aspectos Relevantes
Visão Macroscópica da Matéria

Veja também outros cursos clicando na imagem abaixo e dê um upgrade em sua carreira!

Humanas:
LDB a Lei de Diretrizes e Bases
A Química da Biosfera
Abordagens, Métodos e Perspectivas Sócio-Interacionistas no Ensino de Língua
Arte como Cultura Concepções e Problematizações
Caminhos do Pensamento Geográfico
Cartografia e Ensino de Geografia
Ciclos da Natureza e Dinâmica da Paisagem
Compreensão e Produção Oral de Língua Inglesa
Comunicação Pública, Cidadania e Democracia Digital
Conteúdos e Didática de Alfabetização
Conteúdos e Didática de Artes
Conteúdo e Didática de Ciências e Saúde
Conteúdos e Didática de Geografia
Conteúdos e Didática de História
Conteúdos e Didática de Língua Portuguesa e Literatura
Curso Tecnologia Assistiva, Projetos e Acessibilidade Promovendo a Inclusão Escolar
Didática Geral
Direito Administrativo
Educação e Linguagem: Educação Infantil
Educação e Sociedade
Educação Inclusiva e Especial
Educação Infantil: Abordagens Curriculares
Educação Infantil: Diferentes Formas de Linguagem Expressivas e Comunicativas
Memória do Professor
Emoção, Percepção e Criatividade
Ensino de Arte no Brasil Aspectos Históricos e Metodológicos
Escrita em Língua Inglesa
Estética
Estética História de Um Conceito
Ética
Ética e Cidadania
Filosofia da Educação
Filosofia da Linguagem
Filosofia da Mente
Filosofia Geral e Problemas Metafísicos
Filosofia Política
Fluxos e Redes no Campo e na Cidade
Fundamentos e Princípios da Educação Infantil
Geografia do Brasil Formação Territorial e Padrões Espaciais
Gestão do Território Energia e Meio Ambiente
História da Educação
Information and Communication Technologies
Introdução à Pesquisa Científica
Leitura em Língua Inglesa
Lógica e Filosofia da Ciência
Metodologia da Pesquisa Científica
Metodologias para Ensino e Aprendizado de Arte
Múltiplas Linguagens e Gêneros Discursivos
Ordem Geopolítica Mundial Atores e Escalas de Ação
Pesquisas do Ensino e Aprendizagem de Inglês como Língua Estrangeira
Poética, Linguagens e Mídias
Política Educacional
Psicologia da Educação
Recepção e Mediação do Patrimônio Artístico e Cultural
Relações e Procedimentos no Ambiente de Trabalho
Repertório Artístico-Cultural dos Professores em Formação
Sociologia da Educação
Tecnologias de Informação e Comunicação TICs Aplicadas à LE
Tecnologías de Información y Comunicación TICs Aplicadas a La Enseñanza de LE
Teoria do Conhecimento

Fez sua escolha? Agora basta apenas fazer seu cadastro e dar início ao aprendizado. As inscrições podem acontecer a qualquer momento e os alunos têm a opção de enviar e-mail para o professor que propôs a disciplina a fim de esclarecer dúvidas.

O site também disponibiliza diversos e-Books que podem ser de seu interesse!


Gostou da dica? Então compartilhe com seus amigos este artigo e boa sorte!!!

Ana Porto/Sergio Honorato
Gestores
Nit Portal Social
Planejamento/Gerenciamento/Monitoramento de Mídias Sociais e Responsabilidade Social para Empresas.
Continue Lendo...

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

SOLIDÃO: COMO LIDAR COM ELA!

Somos a soma de nossas experiências, sejam elas boas ou ruins. E já na tenra idade é possível harmonizá-las projetando uma identidade positiva e sedimentada por laços de amor, entrega, transparência, respeito com as diferenças, com base na confiança em si, no outro e com todos os seres circundantes.   A vida em sociedade propiciou a evolução da nossa espécie, sobrevivemos, partilhamos o que aprendemos em comunidade, interagimos e transmitimos cultura. Foram recursos que nos tornaram parte de algo maior e ao mesmo tempo, seres únicos na construção de uma individualidade mediada por crenças, valores e convicções. 

Esta trajetória é um convite a ser protagonista e autor da própria biografia. Por isso é um chamado solitário, intransferível e inalienável onde a compreensão deste processo contribuirá para a reflexão, autoconhecimento, processos decisórios e autotransformação.

O que a solidão não é

O senso comum apregoa vários significados à solidão chegando a ser comparada como sinônimo de castigo, abandono, autopiedade, desilusão, isolamento de quem vive no passado e não tem perspectivas de futuro.

É importante desmistificá-la, este tipo de olhar transforma a solidão numa fome afetiva que nada e ninguém poderá preenchê-la. E há quem se acotovele em bares, sofra por não ser convidado a uma reunião social, familiar ou por não ter seus convites aceitos, sofra na ausência de uma programação no final de semana, na falta de um parceiro ou parceira, na perda de alguém significativo, na vida conjugal quando cada qual vive a solidão a dois ou no simples perambular de uma multidão anônima.

 


O mais triste desta experiência é que aquele que deseja ir à reunião social ou familiar, nem sempre quer se divertir, sentir o calor humano e partilhar experiências, por exemplo. Ser convidado é a prova de ser querido e amado pelo grupo, muito próximo a sensação de estar gestado no ventre materno. Por outro lado, a aceitação social é uma questão tão valorizada que estar sozinho pode representar o passaporte para a falta de prestígio e sucesso pessoal.

Neste lugar, a solidão é uma das sensações mais temidas e desagradáveis, sendo capaz de trazer instabilidade, vulnerabilidade, medo, vazio, frustração e nostalgia. Normalmente a dor é tão dilacerante que se apela à fuga da realidade na ânsia de ter ou encontrar alguém a qualquer custo. É nesta prisão sem grades que se espera fundir-se no outro, no afã de se sentir querido, valorizado e o mais longe possível do fantasma do "fracasso" chamado solidão.


Estamos quase chegando ao final de mais um ano e espero que essas considerações possam ser avaliadas com menos peso e sofrimento, o outro pode oferecer apoio, mas não será a resposta para as inquietações e nem completar o que falta em mim - a realidade é que nascemos, vivemos e morreremos sós.






E nesta jornada não cabe carona! Por isso, o maior desafio é se comprometer com a integridade emocional, com o crescimento e o significado do empoderamento capaz de fortalecer e dar sentido a vida.
Uma vez lançados no mundo, temos um belo projeto a executar e quando se tem a si mesmo nunca se padece de solidão, pelo contrário, se adquire uma força inesgotável de vida que se nutre na poética e na beleza de tudo que existe na face da Terra.

Como diz os versos de Fernando Pessoa:

"Enquanto não atravessarmos a dor de nossa própria solidão,
continuaremos a nos buscar em outras metades.
Para viver a dois, antes, é necessário ser um."

Ah, Clarice Lispector...

"Que minha solidão me sirva de companhia.
Que eu tenha a coragem de me enfrentar.
Que eu saiba ficar com o nada e mesmo assim me sentir
como se estivesse plena de tudo."

Por Valéria Fátima da Rocha
Psicoterapeuta Existencial 
Artigonal

Continue Lendo...

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

PLANETA EM MOVIMENTAÇÃO

O eixo de rotação de qualquer planeta, incluindo a Terra, está em constante fluxo. É que planetas não são esferas perfeitas e sua massa está sempre em movimento.

Através de observações cuidadosas e modelos matemáticos descobriu-se que a recente alteração polar de nosso planeta tem duas causas: o derretimento das camadas de gelo na Groenlândia e na Antártida Ocidental e mudanças na distribuição global da água armazenada em terra.

RADIOATIVIDADE E AS SUAS FACES OCULTAS!


Ambos estão relacionados a um único fenômeno subjacente: a mudança climática está comandando o movimento do eixo polar. Os resultados foram publicados na revista Science Advances.



Cientistas vêm medindo cuidadosamente o eixo de rotação da Terra desde 1899. Antes do século XXI, o polo vagava em direção a Hudson Bay, Canadá, movendo-se a uma taxa de cerca de 7 cm por ano. Acredita-se que esta migração a longo prazo está relacionada à perda da camada de gelo Laurentide, que cobriu o Canadá, e grande parte do norte dos EUA durante a última era do gelo.

COMO ENXERGO AS CORES!


Mas por volta da virado do século, os nossos eixos de rotação seguiram um novo rumo. O polo norte de rotação agora está indo para o Leste, ao longo do meridiano de Greenwich e está se movendo duas vezes mais rápido do que antes.

No entanto, as camadas de gelo não contam a história completa. Ao combinar modelos de distribuição de massa com dados do satélite GRACE (Experimento de Recuperação de Gravidade e Clima) da NASA, encontrou-se um fator crítico: o armazenamento de água no solo - especialmente em toda a Eurásia (Eurásia é a massa que forma em conjunto a Europa e a Ásia. Pode ser considerada como um continente, ou mesmo um supercontinente composto pelos continentes europeu e asiático, separados pela cordilheira dos Montes Urais. Alguns países como a Rússia e Turquia estão nos dois continentes). (Fonte: Wikipédia)

Os seres humanos movem grandes volumes de água subterrânea através de bombeamento e também indiretamente através da mudança climática, que faz alguns lugares se tornarem mais secos e outros, mais úmidos. Tomadas em conjunto,  essas mudanças estão fazendo nosso planeta tombar ligeiramente para o lado.



Ainda este ano, um grupo de cientistas irá revisar formalmente uma proposta para definir uma nova era geológica, marcada por humanos e máquinas, chamada de "Antropoceno" - o termo ainda não é usado oficialmente por geólogos. O fato de que estamos mudando o eixo no qual nosso mundo gira poderá ser um forte argumento. (Fonte: Gizmodo Brasil) 

O estudo publicado na Sciense ainda mapeia outros sinais da presença humana na Terra que deve perdurar ao longo das eras. Um deles é a mudança na deposição de sedimentos causada pela urbanização, pelo desmatamento e pela construção de represas.

Outro deles é o uso de armas nucleares, detonadas duas vezes no fim da Segunda Guerra Mundial e dezenas de vezes em testes, até depois do século XX. (Fonte: G1 Globo.com)

MOTIVAÇÃO: A CHAVE DO SUCESSO! 


Ana Porto/Sergio Honorato
Gestores


 https://www.facebook.com/nitportalsocial                        


Continue Lendo...

terça-feira, 11 de outubro de 2016

DESPERTAR SUA CRIANÇA INTERIOR!

Amanhã, dia 12 de Outubro, duas datas importantes são comemoradas: Dia de Nossa Senhora de Aparecida, padroeira do Brasil e o Dia das Crianças! E é sobre a segunda que vamos falar hoje. Não aquela criança que habita nossas casas e famílias e sim aquela que habita nosso interior...

E não há melhor momento de falar de nossa criança interior senão na Semana da Criança. Então nossa proposta é que você olhe para dentro de si e busque algo escondido ou quiçá perdido... Quem se distancia da liberdade e da alegria tão comuns na infância fica longe de si mesmo e é levado a viver conforme os padrões alheios. 

Será que não existe uma linda criança dentro de você que foi negligenciada ao longo do tempo? Se você não está conseguindo localizar em que pedaço de sua vida ela foi esquecida e deseja resgatá-la, algumas etapas precisam ser seguidas:

1 - Lembrando de sua infância - Faça uma imersão nesta época de sua vida, quando tinha cinco anos ou menos. Vá até onde possa se lembrar. Busque fotos, informações com parentes, cheiros, brincadeiras, preferências, comidas, sonhos, pessoas.

2 - A criança ferida - Esta imersão vai trazer à tona lembranças boas, felizes, bem como momentos tristes. Ao redescobrirmos nossa criança interior trazemos também para a consciência aspectos que nos fizeram sofrer quando crianças. Sob a ótica da Psicologia é a criança ferida, o aspecto de sua criança que não compreendeu certos fatos, que sentiu dificuldades ao lidar com certas situações da vida e que vivenciou alguns acontecimentos como frustração, dor e sofrimento.

3 - A cura da criança ferida - Não tenha medo... Hoje sua mente adulta lhe proporciona condições de olhar para estas experiências e entendê-las sob outra perspectiva, e desta forma curar e reorganizar sua criança interior. É necessário compreender, acolher e amar sua criança ferida.  Este é um processo natural e necessário para se chegar à verdadeira criança interior.

4 - Usando o perdão e o autoperdão -  Nesta etapa é necessário transformar a criança ferida, num processo chamado na Psicologia de "morte para posterior renascimento". Cada vez que ampliamos nossa percepção e mudamos as nossas crenças temos um olhar para nós mesmos diferenciado, compreendendo a própria dor e a dor do mundo, possibilitando o Renascimento com Sabedoria, compaixão e Amor. Portanto é necessário ter paciência, amor próprio e incondicional, exercitar o autoperdão e o perdão àqueles que consideramos agressores de nossa criança ferida.

Missão cumprida? Conseguiu cumprir os desafios desta etapa? Então vamos passar para a próxima!

5 - Renascimento - Com o reconhecimento das dores sentidas, com o perdão das partes envolvidas, com   o autoperdão você está apto a fazer RENASCER sua criança interior, agora isenta de dores e sofrimentos. Aquela criança sofrida deu lugar a outra alegre e entusiasmada pela vida, que sabe que existe para desfrutar das possibilidades positivas que a vida lhe oferece assim como tem a consciência que está num eterno processo de crescimento e que isto é divertido!

6 - Criança e a arte da espontaneidade - Os tesouros da espiritualidade (alegria, a entrega, a bondade, a espontaneidade e a confiança), estão presentes em nós na infância. Então, nesta etapa, deixe fluir os aspectos naturais da criança que existe em você e abra o coração para amar verdadeiramente e sem medo! Sinta a alegria e o entusiasmo de viver, permita que sua essência se manifeste, pois na sua criança interna estão todos os seus dons e seus propósitos.

Na prática, esse é o momento de amar e cuidar de alguém que acaba de nascer, observando seus desejos, adaptando-os para sua vida de adulto de uma forma isenta de preconceitos e autocríticas.

7 - Reaprendendo a alegria de viver - Agora é importante permitir o renascer da criança interna, com toda sua capacidade amorosa e criativa, com uma consciência mais profunda. Esta presença espiritual, inerente a nossa humanidade, nos permite transitar de nossas dores para a consciência de LUZ,  de nossos medos e temores para o amor incondicional, para a aceitação e confiança em um Ser Maior, do qual somos parte.

É a manifestação do EU SUPERIOR - essência que traz um significado maior para sua existência: a alegria de VIVER!

LEIA TAMBÉM: VOCÊ TEM TRANSTORNO DO DÉFICIT DE ATENÇÃO/HIPERATIVIDADE- TDAH? FAÇA O TESTE! 


A partir de hoje e em todos os dias que se seguem expresse seus sentimentos sem medo e busque relacionar-se com o mundo mais livremente, já que rompeu com as antigas amarras. (Fonte: Marcos Simões -  Anima Mundy)

Ana Porto/Sergio Honorato
Gestores
Nit Portal Social

Continue Lendo...

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

SEU FILHO MERECE ATENÇÃO

Nos dias atuais, a interação entre pais e filhos está cada vez mais conturbada. A sociedade moderna criou um modelo familiar prático e calculista, em que os pais trabalham, os filhos vão para a escola e a atividade familiar cada vez mais se anula.

Será que não está na hora de equilibrar a agenda de papais e mamães?  Muitas vezes as mães abraçam essa maternidade como sendo unicamente delas, quando os dois são importantes. Dividir isso é manter o equilíbrio, sem se contar que é essencial para qualquer criança. A divisão de tarefas pode ser feita de uma forma bem dinâmica, entre pai e mãe, para que sobre tempo. Por exemplo: segunda e quarta, o pai organiza o jantar e a mãe o faz na terça e na quinta, para que a criança também perceba a importância desta divisão.

APLICATIVOS QUE VÃO MUDAR SUA VIDA!




Qualquer instante em que os pais decidam se dedicar aos filhos deve ser de fato efetivo, é a hora de proporcionar-lhes um momento descontraído e em que se possa observar como eles estão se sentindo, na relação de amigos que eles têm feito etc.

"Com algumas perguntas e brincadeiras, esse tempo terá mais qualidade e a criança se aproximará muito mais. Eu mesma coloco na minha agenda que, depois do trabalho, eu preciso ter um momento de brincar com minha filha. Ela tem três anos e requer essa atenção; quando brinco, preciso estar presente, sem ter celular na mão, revista, nem me distrair com algo externo. Essa preocupação é essencial par que essa criança se sinta segura, confortável e disposta a compartilhar tudo aquilo que está adequado ou não na vida dela". 

Participar de tarefas escolares, brincar com eles, ler antes de dormir, acompanhá-los em atividades extras, tudo isto faz parte de uma rotina com os pequenos. Se os pais pudessem participar de todas essas atividades, com certeza, eles estariam muito mais felizes.

"A criança vai se sentir muito mais segura com essa atitude, emocionalmente ela vai se equilibrar, sentirá prazer em fazer isso com seus pais ou de tê-los naquele momento, vai conseguir compartilhar mais e cognitivamente. Isso influencia muito no desenvolvimento da aprendizagem porque sabemos que quando ela tem o emocional equilibrado, a questão da aprendizagem flui facilmente. Então, qualquer tipo de atitude dessas irá agregar inúmeros valores e fará com que essas crianças se sintam livres de qualquer sensação de fracasso ou timidez".


Brincar tem um viés que vai muito além da simples fantasia. Enquanto um adulto vê apenas uma
criança empilhando bloquinhos, para o pequeno aquilo significa experimentar as possibilidades de construir novas cores, formatos e texturas.

É muito comum que filhos de pais ausentes busquem essa relação de presença em outras pessoas e elas acabam se tornando inseguras e, muitas vezes, usam de birras para chamar a atenção para si, mesmo que seja por meio de uma bronca.

"Na vida da criança, o que importa é a opinião dos pais, o aceite deles. Quando ela faz, por exemplo, uma apresentação de dança, por mais que haja dezenas de pessoas assistindo, quem ela procura são seus pais. O que elas querem é mostrar do que são capazes, elas dançam para os pais, se sentem importantes quando percebem que eles as admiram e, ao terminar uma apresentação, vão até elas e as abraçam dizendo: Parabéns, você estava linda!!".

Fica para nossa reflexão: A criança que brinca e tem o privilégio de ter pais que brincam com ela cresce com boas lembranças, tem a capacidade de se colocar no lugar dos outros, sabe lidar com as emoções, é mais inteligente e saudável. Torna-se um profissional criativo, é mais sociável, enfrenta os seus medos, tem boa autoestima e ama a vida!
(Fonte: Ponto de Encontro)

DÉFICIT DE ATENÇÃO/HIPERATIVIDADE!



E como o assunto hoje tem relação com a infância, indicamos para que vocês conheçam o trabalho da Aliança pela Infância que é um movimento internacional por uma infância digna e saudável. Em outras palavras, um movimento pelo encantamento do nosso olhar sobre a criança para que ela viva a infância em sua plenitude.

A Aliança pela Infância é um movimento contínuo, como o tempo da infância. Um movimento vivo, dinâmico e criativo, articulado por uma rede de pessoas comprometidas com a infância. Suas iniciativas são orientadas por uma inspiradora Carta de Princípios elaborada no início do movimento.


Ana Porto/Sergio Honorato
Gestores


Continue Lendo...

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

COLÍRIO EM FASE DE TESTE PODE SER ESPERANÇA PARA PACIENTES DIABÉTICOS!

Um grupo de pesquisadores das faculdades de Ciências Médicas (FCM) e de Engenharia Química da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) desenvolveu um colírio para a prevenção e combate da degeneração gradativa que ocorre com frequência nos olhos das pessoas com diabetes, a chamada retinopatia diabética.

"A grande vantagem desse achado é o fato de não ser invasivo. Por ser tópico não implica em riscos e cria uma barreira contra as alterações neurodegenerativas que afeta os diabéticos", explicou a pesquisadora da FCM Jacqueline Mendonça Lopes de Faria.

A cientista disse que a descoberta foi feita a partir de uma pesquisa que já dura cerca de duas décadas. "É consequência de um estudo de 20 anos para entender o mecanismo de ataque das células nervosas e de irrigação sanguínea no tecido ocular."

De acordo com a pesquisadora, por causa da hiperglicemia - excesso de açúcar no sangue no organismo dos diabéticos - vários órgãos podem ser comprometidos. Em cerca de 40% dos casos, a doença leva a complicações na retina provocadas pelo efeito tóxico da glicose. Os sistemas nervoso e vascular da retina passam a ter alterações progressivas que podem levar a cegueira. "Isso ocorre, muitas vezes, justamente no momento em que a pessoa está em idade ativa."


Atualmente, o tratamento da retinopatia diabética é feito com opções invasivas, como a fotocoagulação com laser, injeções intravítrea ou mesmo cirurgia. A expectativa dos pesquisadores da Unicamp é que, além de servir para a cura da retinopatia diabética, a descoberta dessa tecnologia possa ser benéfica também no tratamento de outras anomalias da visão, como o glaucoma.



Testes em laboratórios da Unicamp comprovaram a eficácia da fórmula. No entanto, antes de ser transformado em medicamento para a distribuição e comercialização, o colírio tem de ser submetido à fase clínica de testes, com os ensaios em seres humanos. Ainda não há previsão de quando isso vai ocorrer porque os testes dependem do interesse de empresas em fazer o licenciamento da tecnologia junto com a agência de inovação da universidade, a Inova Unicamp.

No teste com os roedores, não foram observados efeitos adversos e o colírio mostrou-se eficaz na proteção do sistema nervoso da retina.

Também participam da pesquisa a professora Maria Helena Andrade Santana; a pesquisadora Mariana Aparecida Brunini Rosales e a aluna de mestrado Aline Borelli Alonso. Os estudos receberam financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), vinculada ao Ministério de Educação. (Fonte: Notícias Terra e Agência Brasil)

E foi pensando na parcela da população que sofre com a Diabetes Melittus é que a  PRÓ-CRIANÇAS E JOVENS DIABÉTICOS  contribui para o rompimento do círculo vicioso cruel - leia-se da DOENÇA SOCIAL (carência de recursos de toda ordem, miséria, desemprego, fome, moradias precárias, ausência de valores morais e afetivos, famílias numerosas, promiscuidade, baixa ou nenhuma instrução, ignorância, incapacitação pessoal e profissional do chefe de família, negligência de toda ordem, violência sexual e doméstica, drogas, alcoolismo etc.), mediante a prestação de assistência social sem finalidade de lucro – em nível domiciliar, em proveito das crianças e jovens diabéticos, com prioridade para as famílias de baixa renda.

LEIA TAMBÉM: VOCÊ SABE RECONHECER A QUALIDADE DO AZEITE QUE CONSOME?


Conheça o trabalho e compartilhe esta importante informação!

Ana Porto/Sergio Honorato
Gestores
Nit Portal Social
Continue Lendo...

Leia também...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares