Home Facebook Twitter LinkedIn Feed Perfil Email
Nit Portal Social

↑ Grab this Headline Animator

terça-feira, 11 de outubro de 2016

DESPERTAR SUA CRIANÇA INTERIOR!

Amanhã, dia 12 de Outubro, duas datas importantes são comemoradas: Dia de Nossa Senhora de Aparecida, padroeira do Brasil e o Dia das Crianças! E é sobre a segunda que vamos falar hoje. Não aquela criança que habita nossas casas e famílias e sim aquela que habita nosso interior...

E não há melhor momento de falar de nossa criança interior senão na Semana da Criança. Então nossa proposta é que você olhe para dentro de si e busque algo escondido ou quiçá perdido... Quem se distancia da liberdade e da alegria tão comuns na infância fica longe de si mesmo e é levado a viver conforme os padrões alheios. 

Será que não existe uma linda criança dentro de você que foi negligenciada ao longo do tempo? Se você não está conseguindo localizar em que pedaço de sua vida ela foi esquecida e deseja resgatá-la, algumas etapas precisam ser seguidas:

1 - Lembrando de sua infância - Faça uma imersão nesta época de sua vida, quando tinha cinco anos ou menos. Vá até onde possa se lembrar. Busque fotos, informações com parentes, cheiros, brincadeiras, preferências, comidas, sonhos, pessoas.

2 - A criança ferida - Esta imersão vai trazer à tona lembranças boas, felizes, bem como momentos tristes. Ao redescobrirmos nossa criança interior trazemos também para a consciência aspectos que nos fizeram sofrer quando crianças. Sob a ótica da Psicologia é a criança ferida, o aspecto de sua criança que não compreendeu certos fatos, que sentiu dificuldades ao lidar com certas situações da vida e que vivenciou alguns acontecimentos como frustração, dor e sofrimento.

3 - A cura da criança ferida - Não tenha medo... Hoje sua mente adulta lhe proporciona condições de olhar para estas experiências e entendê-las sob outra perspectiva, e desta forma curar e reorganizar sua criança interior. É necessário compreender, acolher e amar sua criança ferida.  Este é um processo natural e necessário para se chegar à verdadeira criança interior.

4 - Usando o perdão e o autoperdão -  Nesta etapa é necessário transformar a criança ferida, num processo chamado na Psicologia de "morte para posterior renascimento". Cada vez que ampliamos nossa percepção e mudamos as nossas crenças temos um olhar para nós mesmos diferenciado, compreendendo a própria dor e a dor do mundo, possibilitando o Renascimento com Sabedoria, compaixão e Amor. Portanto é necessário ter paciência, amor próprio e incondicional, exercitar o autoperdão e o perdão àqueles que consideramos agressores de nossa criança ferida.

Missão cumprida? Conseguiu cumprir os desafios desta etapa? Então vamos passar para a próxima!

5 - Renascimento - Com o reconhecimento das dores sentidas, com o perdão das partes envolvidas, com   o autoperdão você está apto a fazer RENASCER sua criança interior, agora isenta de dores e sofrimentos. Aquela criança sofrida deu lugar a outra alegre e entusiasmada pela vida, que sabe que existe para desfrutar das possibilidades positivas que a vida lhe oferece assim como tem a consciência que está num eterno processo de crescimento e que isto é divertido!

6 - Criança e a arte da espontaneidade - Os tesouros da espiritualidade (alegria, a entrega, a bondade, a espontaneidade e a confiança), estão presentes em nós na infância. Então, nesta etapa, deixe fluir os aspectos naturais da criança que existe em você e abra o coração para amar verdadeiramente e sem medo! Sinta a alegria e o entusiasmo de viver, permita que sua essência se manifeste, pois na sua criança interna estão todos os seus dons e seus propósitos.

Na prática, esse é o momento de amar e cuidar de alguém que acaba de nascer, observando seus desejos, adaptando-os para sua vida de adulto de uma forma isenta de preconceitos e autocríticas.

7 - Reaprendendo a alegria de viver - Agora é importante permitir o renascer da criança interna, com toda sua capacidade amorosa e criativa, com uma consciência mais profunda. Esta presença espiritual, inerente a nossa humanidade, nos permite transitar de nossas dores para a consciência de LUZ,  de nossos medos e temores para o amor incondicional, para a aceitação e confiança em um Ser Maior, do qual somos parte.

É a manifestação do EU SUPERIOR - essência que traz um significado maior para sua existência: a alegria de VIVER!

LEIA TAMBÉM: VOCÊ TEM TRANSTORNO DO DÉFICIT DE ATENÇÃO/HIPERATIVIDADE- TDAH? FAÇA O TESTE! 


A partir de hoje e em todos os dias que se seguem expresse seus sentimentos sem medo e busque relacionar-se com o mundo mais livremente, já que rompeu com as antigas amarras. (Fonte: Marcos Simões -  Anima Mundy)

Ana Porto/Sergio Honorato
Gestores
Nit Portal Social

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui seu comentário é muito importante!

Leia também...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares