Home Facebook Twitter LinkedIn Feed Perfil Email
Nit Portal Social

↑ Grab this Headline Animator

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

DORES ARTICULARES: VEJA OS SINTOMAS!

Dores articulares, vermelhidão e inchaço. Popularmente conhecida como artrose, a osteoartrite é o desgaste nas articulações, ou seja, o início da "velhice articular". É uma doença do sistema musculoesquelético que acomete as articulações, sejam elas periféricas (nas mãos e nos pés), ou nos ossos do corpo (punhos), ombros, quadril, joelhos e coluna. 

Segundo dados do Ministério da Saúde, a artrose atinge 15 milhões de pessoas no Brasil e é a quarta doença que mais reduz a qualidade de vida para cada ano vivido (OMS - Organização Mundial da Saúde).



Normalmente, ela surge em pessoas acima dos 40 anos e é mais comum ainda depois dos 60. Não se trata de uma doença necessariamente dos idosos, já que as pessoas mais jovens também podem tê-la. Abaixo, fatores que aumentam o risco da osteoartrite:

DÉFICIT DE ATENÇÃO/HIPERATIVIDADE - TDAH: COMO SABER! 


- Idade avançada: o risco de artrose aumenta com a idade
- Sexo: mulheres são mais propensas a desenvolver artrose, embora não seja claro o porquê
- Lesões nas articulações: ferimentos que acontecem na prática de esportes ou em acidentes, por exemplo, podem aumentar o risco de artrose
- Obesidade: carregar mais peso corporal coloca pressão adicional sobre as articulações que suportam o peso, como o joelho
- Certas profissões: se o seu trabalho inclui tarefas que envolvem esforço repetitivo em um conjunto particular, essa articulação pode, eventualmente, desenvolver artrose. Alguns exemplos são pedreiros ou atletas
- Outras doenças: hipotireoidismo, diabetes, gota ou Doença de Paget do osso podem aumentar o seu risco de desenvolver artrose.

As causas das artroses podem ser hereditárias, com a de mão, por exemplo. Mas elas também podem ser desencadeadas por sobrecarga de peso, como a artrose de joelho. Isso acontece quando a pessoa é obesa ou quando faz exercícios físicos em excesso. Se a qualidade da cartilagem do indivíduo for ruim, ele tem grandes chances de desenvolver a doença.

O exercício físico é um hábito que deve ser adquirido por quem possui artrose e quer conviver de forma tranquila com a doença, principalmente os de baixo impacto, mais indicados para evitar o encurtamento dos músculos e fortalecer as juntas para que não atrofiem. Alguns dos mais recomendados são:

- Alongamento
- Pilates
- Ioga
- Academia Terapêutica
- Hidroterapia
- Hidroginástica

A artrose também pode ser tratada com acupuntura, fisioterapia e medicações contendo o colágeno. 
É importante que a pessoa mantenha o peso ideal para que não haja sobrecarga nas articulações. Praticar exercícios físicos também é essencial para evitar o uso recorrente de anti-inflamatórios e fortalecer essas articulações comprometidas.

O diagnóstico da doença é feito por meio do histórico de dores dos pacientes e também com a ajuda de um simples exame de raio X.

Sentindo algum desses sintomas? Então procure o médico de sua confiança para uma consulta! Caso você sinta dores com queimação e inchaço em uma articulação, principalmente se for mais velho e possuir outro fator de risco para artrose, procure um médico ortopedista. Dentro da ortopedia é muito comum a presença de especialistas em  cada articulação, como joelho, ombro e quadril. Portanto, se o problema for localizado, um especialista poderá ajudar muito. Porém, se as queixas forem em várias articulações, principalmente acometendo mãos e pés, procure um reumatologista, pois as chances de se tratar de um reumatismo são maiores.
SAIBA TAMBÉM: INFECÇÃO URINÁRIA, VOCÊ SABE COMO PREVENIR?



Ana Porto/Sergio Honorato
Gestores


 https://www.facebook.com/nitportalsocial                        


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui seu comentário é muito importante!

Leia também...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares