Home Facebook Twitter LinkedIn Feed Perfil Email
Nit Portal Social

↑ Grab this Headline Animator

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

CONTAGEM REGRESSIVA PARA NOVOS RECOMEÇOS!

Dez... Nove... Oito... Sete... E aí vem a contagem regressiva que nos remete aos recomeços e ao nosso persistente fascínio pela gestação daquilo que poderia ou poderá ser diferente.

Adoramos a ideia de ciclos, períodos ou épocas que se encerram; essas ocasiões nos permitem imaginar que uma etapa pode ser terminada e, supostamente, nos oferecer a chance de começar de novo, de um outro jeito, de novas formas, com inéditos vigores e renovadas intenções. Nossa obsessão pelos insistentes fins e recomeços fica ainda mais aguda quando nos remetemos aos anos, por serem estes os tijolos que compõem décadas, séculos e milênios, descortinando uma atração pelo mistério matemático que nos envolve na aura do misticismo impregnador dos sonhos dos reinícios. (...)

CHAKRAS E OS CRISTAIS!


O lado mais positivo disto tudo é a comemoração e o revigorar da esperança; comemorar significa "memorar junto", lembrar com outros. Nós humanas e humanos gostamos demais de festejar, por que esta é a possibilidade de nos alegrarmos e nos encontrarmos, de maneira livre e lúdica e, portanto, qualquer motivo é um bom motivo, mesmo quando não é uma data tão "redonda".


O que estaremos lembrando? Estarmos vivos e juntos, mesmo que algo pareça estar terminando e nunca haver certeza absoluta de que seja invencível o renascer. Não importa; fazemos com que assim seja e queremos que não deixe de ser assim.

FINANÇAS PESSOAIS


Por Mario Sergio Cortella - Não espere pelo Epitáfio - Provocações Filosóficas - Editora Vozes


Não quero retrospectiva, nem contagem regressiva. Se for para relembrar, que seja para renovar.

Neste ano, muitas pétalas surgiram no meu jardim. Algumas foram espontâneas como a maioria dos aprendizados. Outras precisaram de cuidados constantes e poda sazonal,  assim como a maioria das atitudes tomadas no dia-a-dia. Só consigo afirmar que me reinventei e deixei fluir sempre que foi necessário.

É nítido o sabor dos incômodos desfeitos. Deletar, desfazer e deixar partir foram verbos presentes que trouxeram muita renovação para o meu jeito de levar a vida. Foram doses de otimismo pé-no-chão. 
(...)
Achei que ia pirar por viajar menos, não pirei. Tive momentos caseiros, passeios locais e curtinhos com o mesmo sabor de novidade que uma distante viagem poderia oferecer.

Desejo que lar e natureza sejam sinônimos. Para cultivar a natureza em casa preciso convidar, agradar, cuidar, insistir, mas principalmente, esperar o seu próprio tempo. Espero que estas palavras tenham inspirado a vida. Desejo que as pétalas não sejam apenas metáforas, mas que se realizem em seus jardins. E se ainda assim encontrar um pedacinho de cinza, que sempre haja força para persistir e florescer.

Por Patrícia Leardine - Mil Pétalas


Nós do Nit Portal Social agradecemos pela participação de cada um de vocês em nosso trabalho durante este ano de 2016. Que possamos estar juntos novamente em 2017, contribuindo com informações de relevância e artigos interessantes e tentando fazer da leitura um hábito prazeroso em nossas vidas!
Feliz Ano Novo amigos!!!

Ana Porto/Sergio Honorato
Gestores
 https://www.facebook.com/nitportalsocial                        

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui seu comentário é muito importante!

Leia também...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares