Home Facebook Twitter LinkedIn Feed Perfil Email
Nit Portal Social

↑ Grab this Headline Animator

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

CARNAVAL, DE ONDE VEIO?

O carnaval faz parte da cultura popular brasileira, mas é muitas vezes visto através de uma série de estereótipos. As “micro-roupas”, o excesso de bebida, o sexo “fácil”, a bagunça. Será que o Carnaval é só isso mesmo?

Boa parte dos brasileiros desconhece a verdadeira história do carnaval. E é sobre ela que vamos falar.










HOMEOPATIA x ANTIBIÓTICO, CONHECENDO PARA SABER USAR!


A história: de onde veio?

O carnaval começou bem antes do que se imagina. No início da história do Brasil, no Período Colonial, as primeiras manifestações carnavalescas já existiam, porém, eram chamadas de entrudo. Essa festa é de origem portuguesa e era praticada pelos escravos. Apesar de ser considerada violenta e ofensiva, era bastante popular e caracterizada pelas pinturas nos rostos e os líquidos (muitas vezes mau cheirosos) que eram jogados nas pessoas.

As famílias mais ricas não participavam da festa, mas ainda assim não deixavam de fazer suas
brincadeiras. As jovens moças, as “recatadas” daquela época, ficavam na janela das casas observando o movimento e jogando água nos passistas.

Em meados do século XIX, o entrudo foi considerado crime, principalmente pela campanha contra manifestação popular lançada naquela época. Com a criminalização da festa dos considerados pobres, a elite surgiu com a criação dos bailes de carnaval.

Entre os choques culturais, os ricos tentavam tomar as ruas com o seu modelo festivo, enquanto os pobres continuavam na tentativa de manter a sua diversão.


DEIXE-SE ENVOLVER PELO GLAMOUR DA CÔTE d'AZUR!


Entre o fim do século XIX e o início do século XX, as marchinhas começaram a tomar conta da comemoração. E cada região foi formando as próprias peculiaridades, como o frevo em Recife e o maracatu em Olinda.

Com o passar dos anos, essa manifestação passou a se tornar cada vez mais popular. Houve a criação das escolas de samba e a tradicional passeata dos trios-elétricos.  O que antes era símbolo de desigualdade social passou a unificar o povo em uma festa, com descontração, música e diversão, tornando-se um símbolo cultural brasileiro.

(...)

Diante dos avanços da sociedade (mesmo que pequenos), o carnaval também é utilizado atualmente como uma forma de manifestação popular para assuntos mais sérios, como o meio ambiente, a violência contra a mulher e a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis.

Campanhas para cada um desses temas estão sendo mais vistas atualmente. Com as mulheres tomando a frente por seus direitos e igualdade, as discussões sobre a banalização do corpo feminino são cada vez mais presentes e, em partes, resultantes de progressos importantes para a sociedade, mesmo que esses progressos sejam lentos.


"ZÉ CARIOCA", RETRATO DO SAMBISTA BRASILEIRO!


Carnaval não é só mulher sem roupa, sexo “fácil”, bebida em excesso, diversão sem regras ou limites.
O carnaval também pode promover reflexões, como a importância de aprender a se divertir sem invadir o espaço do outro.

Por tudo isso o brasileiro pode se sentir orgulhoso por ter transformado essa festa, que um dia foi criminalizada por ser praticada por escravos, em uma festa de todos. (Fonte: observatorio3setor.com.br)



Ana Porto/Sergio Honorato
Gestores
.https://www.facebook.com/nitportalsocial                        
Continue Lendo...

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

GANHANDO DINHEIRO COM VELAS AROMÁTICAS COLORIDAS!

Precisando aumentar seu orçamento mensal? 
Que tal aprender a fazer ? Não precisa de um grande investimento e pode lhe dar o retorno desejado!








 SAIBA COMO TIRAR AS MANCHAS DA ROUPA!

Além de alegrar o ambiente com cores que você pode combinar elas darão um tom romântico, criarão a sensação de bem estar e você ainda pode perfumá-las com essência a àbase de óleo ou lipossolúvel! Uma vela perfumada desperta nas pessoas um bem estar, além de trazer bons fluídos e mexer com seus melhores instintos.

Você vai precisar de:

1 - Uma vela branca grande
2 - Pavios de velas
3 - Giz de cera
4 - Caneca apropriada para ir ao micro-ondas
5 - Copos pequenos de vidro
6 - Palitos de picolé
7 - Cola de secagem rápida
8 - Essência perfumada
9 - Luvas e avental


CURSOS ONLINE GRATUITOS EM TECNOLOGIA DIGITAL! 


Como fazer:

1 - Colar (com a própria vela derretida) o pavio no fundo do copo de vidro
2 - Cortar a vela branca em diversos pedacinhos
4 - Na caneca que irá ao micro-ondas misturar na proporção de 2/3 de vela branca para 1/3 de giz colorido, os dois materiais
5 - Colocar para aquecer no micro-ondas misturando, vez ou outra com o palito de picolé
6 - Quando a mistura já estiver quase fria colocar a essência (para cada 1 kg de parafina, 20 ml para essências fortes e 50 ml para essências suaves. Caso a essência seja para a finalidade de repelente (citronela, capim limão e andiroba) as essências podem ser usadas de forma individual ou  misturadas.
7 - Despeje o líquido no copo de vidro, deixando esfriar totalmente e repetir o processo usando outras cores criando camadas coloridas


DESCENDO A SERRA DO MAR EM UMA VIAGEM DESLUMBRANTE! 


Lembre-se que você pode usar aqueles potes de vidro estilosos que, com certeza, ainda darão um toque especial ao seu trabalho.



Agora é só usar e abusar de sua criatividade e imaginação! E boas vendas!!!

HORA DE MUDAR! 


E por falar em vendas, esta foi a ideia trazida pela "Favela é isso aí"   através do projeto Vendo ou Troco que tem como objetivo cadastrar e apoiar o comércio nas vilas e favelas, dinamizando a economia local e gerando trabalho e renda. Saiba mais sobre este trabalho acessando o link!

Ana Porto/Sergio Honorato
Gestores
.https://www.facebook.com/nitportalsocial                        
Continue Lendo...

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

DEIXE-SE ENVOLVER PELO GLAMOUR DA CÔTE d'AZUR!

Muito se fala de Paris, mas cá entre nós, a região de Côte d'Azur é um destino imperdível e pra lá de encantador!

É unanimidade que essa parte do sul da França, banhada pelo mar Mediterrâneo é deslumbrante! Imagine uma região que reúne praias com águas transparentes, muito verde e ainda é rodeada de montanhas? Imaginou? Então agora vamos conhecê-la!











PERCEPÇÃO VISUAL: FAÇA SEU TESTE!


Com praias ensolaradas aparentemente sem fim, cidadezinhas charmosas, iates glamorosos e montes de celebridades, a Riviera Francesa mantém a Belle Époque viva. É melhor explorar a maioria das cidadezinhas a pé. Uma rede ferroviária, barata e confiável, liga as cidades maiores às menores.


"ZÉ CARIOCA", RETRATO DO SAMBISTA BRASILEIRO!


Destinos fabulosos como Saint Tropez, Nice, Cannes, Antibes, Villfranche-sur-Mer e Saint-Jean-Cap-Ferrat convidam visitantes a seguir os passos de Picasso, Matisse e Bizet. Mais de 100 museus e 150 galerias mantêm viva a ambientação artística.



A cidade de Nice e toda região da Côte d'Azur estão na lista de sonhos de muita gente! Dona de um passado glamouroso onde tantos atores de Hollywood já passaram, esta região da França é sempre associada ao luxo e ao cinema (lembre-se que o Festival de Cannes também acontece na região). Mesmo assim é possível conhecer Nice sem ser milionário, tampouco uma estrela de cinema.

De todas as cidadezinhas que fazem parte da Riviera, sem dúvida alguma, a mais interessante é Nice. Ela apresenta todos os aspectos das cidades da Côte d’Azur, quer dizer frívola, exuberante e cheia de milionários exóticos mas não se reduz a esta dimensão. Ela é também uma cidade culta, com muitos museus e galerias de arte. Nice conseguiu um sábio equilíbrio entre autenticidade e ostentação.


Quem viaja para este destino tem a certeza de conhecer uma das mais belas regiões da Europa e de querer retornar para explorar ainda mais a Riviera Francesa, com seus encantos e todo o seu glamour!

COMO ANDA SUA ENERGIA VITAL?


Ana Porto/Sergio Honorato
Gestores
 https://www.facebook.com/nitportalsocial                        
Continue Lendo...

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

CÂNCER DE INTESTINO: É POSSÍVEL PREVENIR?

Sim. A prevenção deste tipo de câncer, assim como outros cânceres baseia-se na adoção de hábitos saudáveis de vida, como a prática regular de exercícios e uma alimentação saudável, rica em fibras, vegetais e frutas.







 CHURRASQUEIRA ECOLOGICAMENTE CORRETA!




É recomendada a realização de exames periódicos, pois os fatores que podem estar associados ao desenvolvimento de tumores intestinais são: o envelhecimento, a existência de câncer intestinal entre familiares e a presença de outras doenças intestinais.


VOCÊ TEM CONSEGUIDO ALCANÇAR O QUE DESEJA? 


Indivíduos que não possuem sintomas e não tem histórico familiar, é importante, que façam os exames para que sejam detectadas, o quanto antes, lesões pré-malignas denominadas pólipos adenomatosos ou câncer em fase inicial. 

O câncer do cólon e reto, aqui denominado de câncer do intestino, encontra-se entre os dez primeiros tipos de câncer mais frequentes, sendo a quinta causa de morte por câncer no Brasil. Acometem semelhantemente indivíduos dos sexos masculino e feminino, principalmente após os 50 anos de idade.

O exame a ser feito a partir dos 50 anos de idade, para indivíduo que não apresenta história familiar da doença, é a colonoscopia que se tornou exame de rotina para prevenção de câncer colorretal.
Aqueles que possuem fatores de risco devem incluir o exame na rotina após os 40 anos. A colonoscopia também pode ser indicada em investigação de dores abdominais, alteração do hábito intestinal, hemorragias pelo ânus, diarreias e outras queixas relacionadas. Se os exames forem normais, devem ser repetidos a cada cinco ou dez anos. Já o resultado alterado deve ser repetido conforme orientação do médico.

ESTRESSE, CONHECER PARA VENCÊ-LO!


No passado, a prevenção ficava limitada à pesquisa de sangue oculto nas fezes, dadas às dificuldades associadas ao método e pela menor sensibilidade que tem em relação à colonoscopia - pode também ser um exame útil no diagnóstico precoce do câncer intestinal. Aqueles com pesquisa de sangue oculto nas fezes positiva devem ser encaminhados para consulta especializada.

Além da história genética, a presença de doenças inflamatórias intestinais crônicas, como a  doença de Crohn e a retocolite ulcerativa, aumenta o risco de câncer de cólon e reto. Isso acontece devido ao estímulo inflamatório constante, que culmina acelerando a multiplicação celular.

RISCOS DO USO INADEQUADO DE SHAKES!


Fatores relacionados ao estilo de vida parecem desempenhar importante papel na origem deste tumor.
A alimentação é um dos fatores primordiais. Os alimentos associados ao aumento de risco de desenvolver câncer intestinal são os defumados, como, por exemplo, lombinho e peito de peru; os embutidos, como salsichas e outros frios; além da carne vermelha e do churrasco, gorduras saturadas de origem animal. O consumo excessivo de álcool é também um fator de risco. A digestão desses alimentos resulta na produção de metabólitos, substâncias tóxicas que podem ser o estopim para transformação genética das células da mucosa no intestino grosso, se em muito tempo estiver em contato com a mucosa intestinal.

Por outro lado, alguns alimentos são conhecidos como protetores contra o câncer intestinal. São eles: frutas, verduras, legumes e grãos, ricos em fibras, cálcio, acido fólico, além de outros elementos que favorecem a saúde do intestino.  

AVALIANDO E DETECTANDO PROBLEMAS DE SAÚDE EM NOSSOS FILHOS! 


Segundo uma pesquisa polonesa divulgada na publicação European Journal of Cancer Prevention sugere que comer maçãs regularmente pode reduzir o risco de desenvolver câncer colorretal. Os cientistas observaram a diminuição da chance de desenvolvimento do tumor naqueles que consumiram maçã diariamente. A casca da maçã possui maior concentração de flavonoides (efeito antioxidante) sendo cinco vezes mais presente do que na polpa. Por isso quando consumi-las, lave-as bem e procure não descascá-las.
A atividade física rotineira e a manutenção do peso saudável também são medidas de reconhecido valor contra o câncer intestinal.

CHAKRAS E OS CRISTAIS!


Portanto, vida saudável, boa alimentação bem como a realização periódica dos exames para diagnóstico precoce, tende a reduzir a mortalidade pelo câncer intestinal.

E não se esqueça: A qualquer sintoma, procure um médico de sua confiança!


Por Cleise Peixoto
Nutricionista
CRN 971002070

Quer saber mais sobre o que está sendo feito pela prevenção desta doença? Acesse ABRAPRECI Associação Brasileira do Câncer de Intestino

Ana Porto/Sergio Honorato
Gestores
https://www.facebook.com/nitportalsocial                        
Continue Lendo...

Leia também...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares